Justiça
Foto: Reprodução

O prefeito Valdir Heck ganhou uma ação judicial contra um cidadão ijuiense, que segundo o prefeito, teria lhe ofendido moralmente pelo Facebook.

De acordo com o processo, Heck buscou indenização recorrente ao abalo moral ocasionado pelo réu, tendo sofrido ofensas morais em postagens no Facebook, denegrindo sua imagem, o que o fez recorrer a Justiça.

O réu foi condenado a pagar a indenização de R$ 2.000 ao prefeito Valdir Heck.

O fato mostra que apesar da internet tem livre acesso a todos, também há responsabilidades sobre comentários e conteúdos que são vinculados em redes sociais, como o Facebook, por exemplo.

Noroeste Online