Educação
Foto: Reprodução

Em Assembleia Geral virtual, na manhã desta terça-feira, 8, a Famurs e os presidentes das Associações de Municípios estiveram reunidos. Uma das principais pautas da reunião foi a decisão sobre o retorno das aulas presenciais. Seguindo orientação da Famurs, a maioria das regionais decidiu não retomar as atividades, pelo menos durante o mês de setembro.

Prefeitos da Região Celeiro fecharam questão contra o retorno das aulas presenciais neste momento. Segundo o presidente da Amuceleiro e prefeito de Braga, Nei Alberto Vigne, apenas dois municípios ainda não se manifestaram e os outros 19 se colocaram contrários ao retorno, inclusive com a maioria defendendo a retomada das atividades apenas em 2021. Alguns prefeitos, segundo Nei, cogitam reavaliar o cenário em outubro.

O Governo do Estado publicou no último sábado o decreto autorizando o retorno às aulas presenciais a partir desta terça-feira, 8. O calendário prevê o retorno das atividades escolares de forma escalonada, com data final de 12 de novembro. Para a volta às aulas, é necessário que a região esteja em bandeira amarela ou há pelo menos duas semanas em bandeira laranja.

Calendário proposto pelo Governo do Estado

Ensino infantil: 08 de setembro de 2020;

Ensino Superior e Ensino Médio: 21 de setembro de 2020;

Ensino Fundamental/anos finais: 28 de outubro de 2020; e

Ensino Fundamental/anos iniciais: 12 de novembro de 2020.