Polícia
Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil cumpriu, na manhã desta sexta-feira (24), seis mandados de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão em Caxias do Sul e Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, para capturar uma quadrilha que praticava extorsão sexual por meio do chamado “golpe dos nudes”.

O bando agia em todo o Rio Grande do Sul. Seis indivíduos foram presos. A operação contou com a participação de 20 policiais.

Em um dos casos investigados, a vítima da extorsão, após ter efetuado inúmeros pagamentos aos criminosos, acabou se suicidando. Trata-se de um policial militar da reserva de 72 anos, que morava em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Ele pagou cerca de R$ 100 mil à quadrilha. O homem era casado e tinha filhos.

“A partir da apuração por parte da Delegacia de Homicídios de Viamão, que apurou o suicídio, foram obtidas informações cruciais que apontaram que a vítima atentou contra a sua própria vida em razão das extorsões sexuais”, informou a Polícia Civil.

O Sul