Tempo
Foto: Reprodução/Ilustrativa

As primeiras incursões de ar mais gelado do ano costumam ocorrer na segunda metade de maio e durante o mês de junho, logo concretizando-se as projeções o ar polar mais forte estaria chegando na época tradicional. Vale lembrar, em um contexto histórico, que o fim de maio de 1979 teve uma poderosa erupção de ar polar no Sul do Brasil. Foi o evento que ficou conhecido por trazer neve no jogo do Esportivo e do Grêmio em Bento Gonçalves.

O denominado inverno climático está distante apenas uma semana, ademais. Diferente do inverno astronômico, o chamado inverno climático é compreendido pelo trimestre de junho a agosto (JJA). É usado como referência na climatologia mundial, no caso do Hemisfério Sul, para análise de temperatura. Assim, se pelo critério astronômico falta quase um mês para o começo da estação fria, pelo critério climático ela é iminente.

TENDÊNCIA A SE VERIFICAR

Os indicativos de uma forte massa de ar polar na virada do mês são hoje uma tendência. Falta uma semana ainda e as projeções estão sujeitas a alterações e correções. Nesse sentido, ao longo da semana se terá uma ideia melhor da intensidade e das conseqüências desta incursão fria.

Portanto, fique ligado em nossa página, em nosso canal no YouTube e nas demais mídias sociais da MetSul. E, fique atento, que mesmo antes desta massa de polar possível do próximo fim de semana temos outra chegando agora e que vai trazer madrugadas de temperatura baixa agora na primeira metade desta semana que está começando.

MetSul