Cidade
Amanhecendo Cicatrizes será exibido no Panorama Estadual . Foto: Divulgação

A Mostra Sesc de Cinema terá 21 representantes do Rio Grande do Sul na edição de 2021. O documentário “De olhos abertos” foi selecionado para o Panorama Brasil, que acontece de 1º a 8 de novembro, e outras 20 obras serão exibidas no Panorama Estadual, que vai de 11 a 21 de novembro. No total, foram inscritos 155 filmes gaúchos. A lista completa de projetos selecionados para o evento está disponível no site www.sesc.com.br/mostradecinema

Dirigido por Charlotte Dafol, “De olhos abertos” fala sobre as dificuldades dos moradores de rua que produzem e vendem seu próprio jornal, o “Boca de Rua”, em Porto Alegre. Circulando há 18 anos, o informativo significa, além de uma fonte de renda, uma ferramenta de denúncia e de organização perante a sociedade. Com duração de 112 minutos, o longa foi produzido pela Agência Livre no ano de 2020.

A mostra estadual contará com os curtas “Amanhecendo Cicatrizes”, de Três Passos, e outros 19 filmes gaúchos: “Além da fronteira”, “Amarelo Cárcere”, “Bago Sujo”, “Cacicus”, “Corpo Mudo”, “Eu não sou um robô”, “Fica em casa, Rafael”, “Laços do ofício”, “Lacrimosa”, “Love do Amor”, “Minha aldeia, minha vida – Yvy Poty Rã – Uva Povo’a Kuery”, “Noite macabra”, “Quando te avisto”, “Tá foda”, “Teko Mbaraete – Fortalecimento da vida”, “Um pedal”, “Vérnix” e “Visita íntima” e o longa “Mudança”. As exibições acontecerão de forma virtual.

Além dos aspectos técnicos e narrativos, a comissão que selecionou os filmes levou em consideração elementos sociais, diversidades de linguagens e representatividades de gênero, raça, cor e territórios. Dentro deste contexto, o Panorama Estadual conta com realizadores de 10 cidades (Santa Cruz do Sul, Porto Alegre, Três Passos, Canoas, São Francisco Paula, Santa Maria, Restinga Seca, Pelotas, São Miguel das Missões e Viamão), três filmes com temáticas indígenas e obras dirigidas por 13 mulheres, 18 homens e duas pessoas não binárias.

Com o objetivo de ampliar a discussão e aprofundar os conteúdos apresentados pelos filmes, serão realizados debates baseados em cinco eixos temáticos: “Traumas Sociais e Psicológicos”, “Superação e Resiliência”, “Experimentações Narrativas”, “Paradigmas Sociais e Privilégios” e “Povos Originários – (Re)Existências, colonizações, apagamentos históricos, presença e invisibilidade”. Realizados no período do Panorama Estadual, os bate-papos ocorrerão de forma virtual, em plataforma a ser definida, com inscrições gratuitas para o público. A programação completa será divulgada na segunda quinzena de outubro no site do Sesc/RS.

Com a característica principal de incentivar a produção nacional independente que não chega ao circuito comercial de exibição, a Mostra Sesc de Cinema chega à quarta edição em 2021 e é composta pelos panoramas Nacional, Estadual e Infantojuvenil. Participam da competição os filmes dos panoramas Brasil e Infantojuvenil, com premiações de R$ 5 mil para longas, R$ 3,5 mil para médias e R$ 2,5 mil para curtas-metragens. As obras vencedoras serão exibidas nas unidades do Sesc e de instituições parceiras de caráter cultural e educativo, com entrada gratuita, ou em ambientes digitais dentro de páginas, aplicações e domínios do Sesc em todo o Brasil, pelo período de até um ano.

Mesmo em meio à pandemia, o Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac segue próximo da comunidade gaúcha. Seguindo as recomendações das autoridades e mantendo os cuidados com a saúde de todos, os serviços continuam sendo entregues e fizeram diferença na vida de milhares de pessoas em 2020, que passaram a ter à disposição alternativas virtuais de produtos e serviços. O portal www.pertodevc.com.br segue com programação on-line e gratuita em variadas áreas como: empreendedorismo, educação, esporte, saúde, cultura, lazer e ação social. 

AMANHECENDO CICATRIZES

Sinopse: Antônio Alberi Maffi continua jovem e idealista. É mais um sobrevivente. Resiste. Insiste. Não se entrega. As marcas causadas pela ditadura militar brasileira não se apagaram de sua memória. Pelo contrário, voltam ao presente através da democracia pela qual tanto lutou. Ainda sonha com o Brasil mais justo. Na poesia encontra conforto. Na vida, ainda espera justiça.

Direção: Juarez Braga Zamberlan, Nelson Brauwers, Ivânio Dalagno e Valdinei Vargas

Cidade: Três Passos

Duração: 15 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Documentário

Produtora: Faço Filmes