Polícia
Foto: Ilustração

Um professor da rede municipal de educação de Não-Me-Toque foi afastado preventivamente pelo município após denúncias de possível importunação ofensiva e até mesmo assédio sexual a alunos.

De acordo com informações, os relatos de abuso são graves e por isso o mesmo foi afastado por motivos de segurança.

O processo administrativo disciplinar ao qual é destinado a apurar a responsabilidade do servidor por infração praticada no exercício de suas atribuições está em tramitação sigilosa, no prazo de 90 dias será emitido um relatório jurídico que deve decidir que penalidades devem ser aplicadas.

Os atos cometidos pelo professor aconteceram em um dos educandários do município e até o momento 10 testemunhas já foram ouvidas.

A identidade do educador não foi revelada.

Rádio 90.9 FM