Segurança
Foto: Rede Social

Através de um compartilhamento de informação, as autoridades de Mato Grosso e Rio Grande do Sul puderam investigar o caso de Jonathan de Souza , de 21 anos. O jovem cometeu crime em um estado e depois fugiu para o outro, onde acabou morrendo após um confronto com a polícia. As informações foram apuradas pelo Metrópoles.

No dia 8 de abril, Jonathan deixou sua casa em direção ao seu trabalho de entregador, mas durante percurso ele abordou um motorista de aplicativo, roubou seu automóvel e em seguida, tentou matar homem com um tiro. Vítima foi socorrido e encaminhado para o Hospital Regional de Rondonópolis, onde se encontra internado em estado grave.

Depois do ocorrido, no dia seguinte (09), ele foi atrás de sua ex-namorada e atirou contra ela e seu atual namorado diversas vezes, porém, não acertou nenhum disparo. Após acontecimento, homem fugiu com o carro roubado.

Com isso, seus familiares resolveram ir até uma delegacia e prestar um boletim de ocorrência para notificar o sumiço de Jonathan . Ele havia postado em suas redes sociais que iria tirar a própria vida. Dessa maneira, as autoridades puderam descobrir sobre os crimes cometidos pelo jovem. Segundo a mãe de Jonathan, jovem toma remédio controlado e não estava atendendo ligações, mas estava postando dizeres estranhos em suas redes sociais.

VOCÊ VIU?

A Polícia Civil de Rondonópolis conseguiu imagens que prova ação do criminoso roubando o carro e atirando contra o motorista do Fiat Uno. Em sequência, ele tira o homem a força de dentro do veículo, joga ele na calçada, entra no carro e sai em alta velocidade. Sua fuga começou no dia seguinte, após ter ido à casa da ex-namorada e diferir ameaças e disparos.

Com o andar das investigações, os policiais puderem encontrar que o carro roubado, havia se metido em um acidente na BR-386 em Iraí, RS. Jonathan era o condutor do carro e depois do acidente, ele teria negado socorro e sozinho, se encaminhou até um matagal na localidade.

No momento, havia uma Brigada Militar que patrulhava na região e localizou o homem andando pela via. Ao perceber que foi avistado por policiais, ele disparou contra os agentes. As autoridades revidaram ação e disparos acertaram Jonathan.

Criminoso acabou sendo socorrido, mas acabou não resistindo aos ferimentos. O celular, revólver e documentos do jovem foram apreendidos. Caso foi investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Rondonópolis. 

Último Segundo – Ig