Geral
População ficou sem atendimento especializado do SAMU. Foto: TP News

Após o encerramento dos serviços do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, no dia 24 de julho, aumentou o número de ocorrências atendidas pelo Corpo de Bombeiros de Três Passos. A corporação atende 15 municípios na Região Celeiro e, em várias casos, ambos atuavam juntos no socorro às vítimas, principalmente em acidentes, socorro este que agora, em casos de ocorrências simultâneas, terá que escolher qual irá atender primeiro, informou um soldado ao Três Passos News.

Sem o SAMU, ficaram desassistidas as populações de Bom Progresso, Crissiumal, Esperança do Sul, Humaitá, Sede Nova, Tiradentes do Sul e Três Passos. Os sete municípios, somados, possuem 55.971 moradores, conforme dados do IBGE. Três Passos, município-base que mantinha convênio com o Estado, participava no custeio com apenas R$ 1.050,81 até fevereiro deste ano, valor este simbólico se comparado com Redentora, que repassa mais de R$ 8.000,00 e Tenente Portela, R$ 9.918,00 mensais, também municípios-base.

VEJA TAMBÉM

REPORTAGEM MOSTRA DOCUMENTOS SOBRE FECHAMENTO DO SAMU EM TRÊS PASSOS