Bichos
Foto: Jean Antonelo

No início do mês, o Guia Crissiumal havia postado duas matérias sobre o aparecimento de serpentes da espécie jararaca em Crissiumal.

O tempo seco e o calor são ideais para o aparecimento desse tipo de repteis.

Nessa quinta-feira (26/03), dois novos casos chegaram à redação do Guia Crissiumal. Na residência da família Antonelo, na cidade, um cão de estimação matou uma jararaca durante a noite de quarta-feira (foto do topo).

Outra serpente apareceu em uma propriedade rural de Zona Grun segundo relatos de um internauta.

Esta espécie de Jararaca é uma Serpente de hábito terrícola, mas também explora arbustos. Ao longo de sua distribuição apresenta variação de colorido. No Sul e Sudeste é a serpente peçonhenta mais comum e responsável pela maioria dos acidentes ofídicos. Apresenta grande versatilidade às mudanças ambientais, sendo comum também ao longo do cinturão verde (produção de hortaliças, leguminosas, frutas ao redor das cidades) e outras áreas de ocupação humana. Ágil, sobe com facilidade em arbustos e telhados baixos. Trata-se da espécie mais comum da região Sudeste, habitando desde o sul da Bahia até o Rio Grande do Sul.

Guia Crissiumal