Saúde
Foto: Reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que os sintomas os sintomas mais comuns do novo coronavírus (Sars-Cov-2) são: febre, tosse e dificuldade de respirar. De acordo com a entidade, alguns pacientes podem ter dores, congestão nasal, coriza, dor de garganta ou diarreia. Esses sintomas, geralmente, são leves e evoluem gradualmente.

A primeira coisa que deve ser observada é se o cansaço é físico ou se é causado por alguma falta de ar. Se a resposta for a segunda opção, o paciente deve procurar um pronto-socorro ou um médico. Cansaço é um sinal inexpressivo nas infecções virais ou bacterianas, mas deve ser valorizado sempre que estiver associado a outros sinais, como febre ou palidez.

Já a febre é a elevação da temperatura do corpo – normalmente, ela fica acima de 37,8º. Mas há outros fatores que também determinam o estado febril. Já a principal função da tosse é proteger a árvore brônquica, impedindo a entrada de substâncias nocivas, de corpos estranhos e de alimentos, além de auxiliar a expelir e remover as secreções e detritos acumulados.

A tosse pode ser sintoma de doenças como asma, bronquite, doença pulmonar obstrutiva crônica, tuberculose e câncer de pulmão.

G1 RS