Saúde
Foto: Arquivo/TP News

Conforme o Hospital de Caridade de Três Passos, três leitos de UTI/Covid disponíveis na casa de saúde estão ocupados neste sábado, 27, significando 100% da capacidade. São dois homens e uma mulher. Uma paciente de Planalto, que estava na UTIdo HCTP, faleceu no começo da noite de sexta-feira, 26. Na enfermaria Ala Covid, 60% dos leitos estão ocupados.

Pela manhã, a Administração Municipal de Três Passos realizou uma live para orientar os estabelecimentos e à população em geral, quantos aos novos protocolos sanitários. O Decreto Estadual n° 55.771, publicado pelo Governo do Estado, no dia  26 de fevereiro de 2021, manteve a suspensão da cogestão regional e, com isso, todo o RS ficou classificado na Bandeira Preta. No entanto, ocorreram algumas mudanças nos próprios protocolos da Bandeira Preta, conforme publicado pelo Governo.

Confira um resumo dos protocolos

Comércio não essencial de rua – varejista e atacadista (lojas em geral, inclusive revendas de veículos): era completamente fechado. A partir do novo Decreto, passou a permitir a telentrega, apenas. Fica expressamente proibido o atendimento na porta, ou seja, não pode ocorrer o pegue e leve.

Construção civil: que era permitida apenas para obras relacionadas ao Covid-19, passou a ser permitida de uma forma geral, como construções particulares e serviços de manutenção e reparos.

Celebrações religiosas: era sem atendimento ao público. Agora passou a ser permitida a presença de no máximo 30 pessoas ou até 10% do teto de ocupação do local. Ainda assim, o vice/prefeito, Pastor Ipê, orientou para que as entidades religiosas se abstivessem de realizar as suas celebrações de forma presencial.

Serviços domésticos: passou a serem permitidos, como faxineiros, babás, jardineiros e similares.

Quanto ao horário de funcionamento dos estabelecimentos, continua da mesma forma, é proibida a atividade após as *20h até 5h.* Exceções: farmácias, hospitais, funerárias, agropecuárias, veterinárias, assistência social, estabelecimentos que realizem atendimento exclusivamente na modalidade de telentrega, postos de combustíveis (proibida a aglomeração nas áreas de circulação dos postos), dentre outros.

A Prefeitura vai funcionar com expediente interno, obedecendo a capacidade de 25% dos servidores apenas. Atendimento ao público somente com agendamento prévio e em casos de urgência. O Parque de máquinas com 50% no mesmo turno, em razão de tratar-se, via de regra, de serviço externo. Atividades relacionadas à saúde, de fiscalização e inspeção sanitária, por exemplo, deverão trabalhar com 100% dos servidores.

Cabe alertar que o USO DE MÁSCARAS é obrigatório, inclusive em VIAS PÚBLICAS, segundo o Decreto Estadual 55.240 e Decreto Municipal 38, ambos de 2020.

Importante ressaltar, finalmente, para aqueles estabelecimentos que comercializam produtos essenciais e não essenciais, fica apenas permitida a comercialização dos respectivos produtos considerados essenciais.

Os protocolos da Bandeira Preta podem ser consultados no site:

https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br/

Estas determinações têm vigência até o dia 07 de março.

VEJA TAMBÉM