Cidade
Foto: PM/Divulgação

A Administração Municipal de Três Passos decretou situação de emergência em virtude da estiagem, que afeta drasticamente os recursos hídricos de toda a região. No entanto, as chuvas dos últimos dias têm gerado o que os agrônomos e técnicos agrícolas chamam de “seca verde”, pois temos uma visão utópica de um horizonte verde, porém com riachos, rios, vertentes e poços artesianos não dando conta de abastecer com água potável as propriedades.

Os prejuízos causados afetam todo o setor agropecuário. O setor leiteiro, até o momento, teve perda de 10%, com valor total de R$ 1.170.724,00. O Milho Grão Safra Normal teve perda de 10%, com valor total de R$ 1.058.400,00. O Milho Silagem também teve quebra de 10%, com R$ 176.400,00 de prejuízo. Já o Trigo, teve redução de 8%, com prejuízo financeiro de R$ 1.512.000,00. O laudo técnico realizado pela Emater sobre os prejuízos que a estiagem proporcionou ao município dá conta de que até agora foram R$ 3.917.524,00.

O Executivo Municipal, preocupado desde o princípio com o setor agropecuário mantém o diálogo com as Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente, desenvolvendo ações e projetos para que possam escassear as perdas no campo. Se esta situação perdurar, poderá haver reflexos maiores, não somente na falta de água potável, como também o aumento ao acesso por benefícios socioassistenciais.

Assessoria de Comunicação