Cidade
Foto: SES RS

A macrorregião de Palmeira das Missões, assim como de Erechim, teve seu pedido de reconsideração indeferido pelo Gabinete de Crise e permanece na bandeira vermelha, conforme anunciado pelo Governo do Estado nesta segunda-feira, 7. Somam-se às regiões Covid de Capão da Canoa, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Santo Ângelo e Cruz Alta, que não enviaram recurso e também continuam na bandeira vermelha.

Os municípios em região de bandeira vermelha que não tenham registro de hospitalização e óbito por Covid-19 nos 14 dias anteriores à apuração das bandeiras poderão adotar, através de regulamento próprio, protocolos previstos na bandeira laranja. Nesta condição, ficaram Barra do Guarita, Bom Progresso, Braga, Derrubadas, Esperança do Sul, Tiradentes do Sul e Vista Gaúcha.

Por outro lado, Coronel Bicaco, Miraguaí, Redentora, Tenente Portela e Três Passos, que aderiram ao sistema de cogestão, devem adotar protocolos próprios. Já os demais municípios da Região Celeiro, Campo Novo, Chiapetta, Crissiumal, Humaitá, Inhacorá, São Martinho, São Valério do Sul, Santo Augusto e Sede Nova, que pertencem às regiões de Ijuí e Santa Rosa, permanecem na bandeira laranja no Modelo de Distanciamento Controlado do Governo do Estado.