Cidade
Assessoria de Gabinete deixará de ter status de Secretaria. Foto: Divulgação

Na live da semana, transmitida na manhã de sábado, 5, os prefeito e vice eleitos, Arlei Tomazoni e Pastor Ipê, confirmaram a redução do número de secretários municipais de 12 para oito com remuneração, mais a procuradoria jurídica, na futura gestão que terá início em janeiro de 2021. Conforme Arlei, que já defendia a medida enquanto era vereador, a redução visa a economia do dinheiro público que é pago pelo contribuinte. “A escolha do secretariado não é política, é técnica ou que tenha conhecimento da pasta”, garantiu o prefeito eleito.

Durante a semana, foram anunciados os nomes de sete secretários com remuneração, além do procurador-geral, restando apenas o do futuro secretário de Obras, que deverá ser confirmado nos próximos dias. Desta forma, de uma forma inédita, a população já tem conhecimento antecipado das pessoas que vão comandar as secretarias municipais na próxima administração. Vale destacar que o secretário da Assistência Social não terá remuneração e que o assessor de Gabinete deixará de ser remunerado como secretário municipal. Confira a lista abaixo:

Secretário Municipal da Agropecuária – Marcelo Larssen

Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços – Carton Cardoso

Secretaria de Educação – Luiz Gustavo Grafitti

Secretaria da Saúde – Márcia Gintzel

Secretaria de Administração – Cristiane Seidel

Secretaria de Finanças – Lovani Poll

Secretaria de Assistência Social (sem remuneração) – Pastor Rodrigo Ipê

Secretaria de Transportes – Aquiles Hansen

Secretaria de Obras – Nome a ser anunciado

Procuradoria-Geral – Carlile Ernesto Hõrbe

Assista à live da semana:

Posted by Arlei Tomazoni TP on Saturday, December 5, 2020