Geral
Foto: GZH

Primeiro dia do feriadão de Finados, o sábado (31) foi de movimentação nos cemitérios para realização de homenagens. Só que algumas famílias foram pegas de surpresa no Cemitério Ecumênico Municipal, o maior de Santa Maria, na Região Central. 

Há túmulos que foram alvo de ladrões. Ao caminhar pelos nove hectares do local, é fácil notar diferentes jazigos com letreiros, molduras e adornos faltando. Um dos indícios do vandalismo é que as fotos, retiradas das molduras, foram deixadas próximo aos túmulos. Uma das sepulturas danificadas é do menino Bernardo Uglione Boldrini, morto pela madrasta e pelo pai em Frederico Westphalen em 2014.

GZH