Região
Santa Rosa possui mais de 72 mil habitantes. Foto: Divulgação

Mesmo sofrendo pressão por parte do Governo do Estado através da Famurs para não assinar um decreto flexibilizando a abertura do comércio varejista a partir desta segunda-feira, 13, o prefeito de Santa Rosa, Alcides Vicni, convocou todas as entidades representativas para discutir o assunto e decidiu que todos os comerciantes do município estarão autorizados a abrir, mantendo as regras estabelecidas.

De acordo com o prefeito, os comerciantes deverão observar às medidas de higiene, uso de equipamento de proteção para os funcionários que atendem o público e a distância mínima de dois metros entre os clientes para evitar aglomerações.

A decisão de permitir a reabertura das atividade e serviços não essenciais foi tomada pelo Comitê Municipal de Enfrentamento a Covid-19 após vários dias de pressão por flexibilizações demandadas por representantes do comércio, que estão com as portas fechadas desde o dia 23 de abril.

Vicini disse que comunicou a decisão do colegiado técnico ao Promotor Marcelo Augusto Squarça do Ministério Público Estadual. Santa Rosa tem quatro casos confirmados de coronavírus. O isolamento social é a principal medida de contenção à pandemia defendida pela Organização Mundial de Saúde.

Santa Rosa possui mais de 72 mil habitantes e é uma das maiores cidades do Noroeste do RS.