Tempo
Foto: Arquivo/TP News

A onda de frio que marcou a última semana de abril no Rio Grande do Sul não deve persistir durante o início deste mês. De acordo com a Somar Meteorologia, os primeiros dias de maio serão de tempo seco e grande amplitude térmica — ou seja, manhãs frias e tardes quentes — em grande parte do Estado.

Em Porto Alegre, por exemplo, o sábado (1º) terá mínima de 13°C e máxima de 28°C. Já no domingo (2), os termômetros devem ficar entre 14°C e 30°C. Os dias seguintes ainda devem ser de tempo seco, mas há previsão de chuva fraca e isolada entre 5 e 7 de maio, o que fará com que as máximas fiquem em torno de 18°C e 21°C na maioria das regiões, incluindo a Capital.

De forma geral, o mês será de temperatura acima da média no Rio Grande do Sul, com exceção da região Leste, que deve ficar dentro da média. No entanto, o meteorologista Fábio Luengo salienta que isso não significa que fará calor extremo, considerando que a média das temperaturas em maio são menores e as previsões indicam somente um leve desvio positivo, de 1°C a 3°C. Sendo assim, é muito difícil que ocorra o chamado “veranico de maio”.

Maio também será marcado pela transição do La Niña para a neutralidade, o que fará com que as características do fenômeno fiquem menos perceptíveis, mas não completamente ausentes, durante o período. Diante deste cenário, Luengo explica que as frentes frias devem avançar de forma mais costeira e, por isso, a massa de ar frio que costuma vir em seguida será rapidamente desviada para o oceano:

— Isso, aliado à chuva abaixo da média, favorece para que as temperaturas fiquem ligeiramente acima da média.

Mesmo assim, haverá dias mais frios na segunda quinzena do mês. Segundo o meteorologista, a nebulosidade fará com que a temperatura caia um pouco, tanto pela manhã quanto à tarde. Na Capital, as mínimas devem oscilar entre 8°C e 15°C, enquanto as máximas variam de 18°C a 25°C.  

Os eventos com maior frio estão previstos para ocorrer por volta de 21 e 24 de maio e devem ser ainda mais intensos do que o registrado no final de abril. Neste período, há inclusive possibilidade de geada em cidades que não estão localizadas na região serrana. Também pode haver temperatura negativa pontual de -2°C em municípios como Bom Jesus e Vacaria.

Durante esses eventos, Porto Alegre pode registrar mínimas abaixo da média, ficando entre 8°C e 10°C. Luengo afirma que, considerando que maio é um mês de transição entre o outono e o inverno, é comum que ocorram episódios que apresentem características das duas estações.

Chuva

Ainda de acordo com a Somar Meteorologia, maio deve ser mais seco do que o normal em toda a região Sul do país. As previsões indicam que a segunda quinzena do mês terá mais chuva do que a primeira, que terá somente episódios bem isolados. O único evento mais significativo deve ocorrer por volta do dia 22, no entanto, isso não

GZH