Geral
Dinheiro teria sido furtado da casa do presidente. Foto: Arquivo/TP News

Passados mais de 40 dias da Feicap 2019, que foi marcada pelo furto de parte do valor arrecadado, a Polícia Civil de Três Passos ainda não identificou a autoria do crime, que aconteceu na noite do dia 4 de maio, quando a residência do presidente do evento, Alisson Müller, foi invadida e levados R$ 60 mil em dinheiro pertencente à FEICAP. Peritos do IGP encontraram sinais de arrombamento em uma janela e na porta do imóvel.

Conforme decisão da Comissão Central, será aguardado o desfecho das investigações policiais. Caso o inquérito não identifique um possível autor e o dinheiro não seja recuperado, as entidades que promovem a FEICAP (Cacis, Sindilojas Celeiro, STR e Prefeitura Municipal) estarão se reunindo e decidindo uma maneira de repor os R$ 60 mil, sem nenhum prejuízo à feira que apresentou lucro líquido de R$ 474.948,53.

Relembre o caso