Bichos
Foto: Reprodução

Juruva – Essa espécie sofreu um acentuado declínio populacional/e ou uma drástica retração em sua área de ocorrência original do estado devido a fragmentação de hábitat, assim sendo, sua conservação em escala regional depende principalmente da proteção do Parque do Turvo.

Juruva

juruva (Baryphthengus ruficapillus) Essa espécie sofreu um acentuado declínio populacional/e ou uma drástica retração em sua área de ocorrência original do estado devido a fragmentação de hábitat, assim sendo, sua conservação em em escala regional depende principalmente da proteção das do Parque do Turvo.É uma ave madrugadora, que costuma cantar ao final da noite, pouco antes do amanhecer. Quem não conhece seu canto pensa se tratar de uma coruja. Ativo durante o dia, gosta de ciscar no solo onde passa um bom tempo. Costuma ficar no interior da mata. Voa frequentemente aos casais, acompanhando bandos mistos ou correições de formiga no sub-bosque.📷 Anderson Cristiano Hendgen

Publicado por Parque Estadual do Turvo em Segunda-feira, 6 de abril de 2020

É uma ave madrugadora, que costuma cantar ao final da noite, pouco antes do amanhecer. Quem não conhece seu canto pensa se tratar de uma coruja. Ativa durante o dia, gosta de ciscar no solo onde passa um bom tempo. Costuma ficar no interior da mata. Voa frequentemente aos casais, acompanhando bandos mistos ou correições de formiga no sub-bosque.

Anderson Cristiano Hendgen