Polêmica
Foto: Reprodução

O dono de uma relojoaria em Goiana – GO, que se comoveu com a história de uma criança que engraxava sapatos para presentear, o pai acabou sendo notificado pelo Ministério Público por supostamente fazer apologia do trabalho infantil.

ESCÁRNIO!

Via Jornal da Record"Dono de relojoaria, que se comoveu com a história de uma criança que engraxava sapatos para presentear o pai, acabou notificado pelo Ministério Público do Trabalho de Goiás por supostamente fazer apologia ao trabalho infantil."Escárnio!Eles não desejam proteger as crianças, e sim, distorcer toda a realidade e arrastar as pessoas para seu universo paralelo, onde todo e qualquer valor moral consagrado é simplesmente destruído e substituído por contos que criam somente dependentes e vagabundos.

Publicado por Dep. Federal Daniel Silveira em Quarta-feira, 9 de setembro de 2020

O empresário havia presenteado o garoto com um relógio.

Para não ser processado, o dono da relojoaria assinou um termo de ajuste de conduta do Ministério Público do Trabalho.

RS Agora