Mundo
Foto: Reprodução

Um americano de 64 anos morreu no sábado durante uma tentativa de demonstrar que a Terra é plana.

Michael Hughes morreu na Califórnia na explosão de um foguete que fabricou em casa, segundo informações do “Science Channel”.

Hughes “morreu tragicamente durante a tentativa de lançamento do foguete que ele mesmo havia fabricado”, afirmou no Twitter a emissora, que pertence ao grupo Discovery Channel. “Nossos pensamentos e orações estão com a família e amigos durante este momento difícil.”

Hughes, conhecido como “Mad Mike”, havia construído em seu jardim, com a ajuda de um amigo, um foguete movido a vapor. Ele recebeu patrocínio de várias marcas para fabricar a nave. Ele declarou à imprensa que pretendia subir 1.500 metros acima do nível do mar para demonstrar que a Terra não é redonda, e sim que “tem a forma de um disco voador”.

Imagens do lançamento, ao qual compareceram muitas testemunhas em uma área de deserto próxima à residência de Hughes, em Barstow, 180 km ao nordeste de Los Angeles, foram divulgadas nas redes sociais.

Nas imagens é possível observar como um paraquedas surge do foguete alguns segundos após a decolagem, então a nave muda imediatamente de rumo e cai algumas centenas de metros adiante.

O vídeo acima, com imagens fortes, mostra o momento do acidente que vitimou Hughes.

O Globo