Polícia
Polícia Civil investiga morte ocorrida no último sábado em Mondaí

A Polícia Civil, por força de lei e determinações judiciais e administrativas, investiga a morte de pessoa provocada por militar estadual em serviço, fato ocorrido na tarde de ontem no município de Mondaí.

Ainda no dia do crime, o Delegado de Polícia plantonista procedeu a inquirição de 3 (três) testemunhas, além dos dois (02) policiais militares que atenderam a ocorrência.

Também foi realizada a perícia criminal no local, identificados e apreendidos objetos relacionados aos fatos (facão, faca, cápsulas), além da verificação de imagens de circuito interno de monitoramento de empresas das proximidades.

Após tais diligências, o Delegado de Polícia decidiu pela não lavratura de Prisão em Flagrante em face do Policial Militar responsável pelos disparos, pois os elementos colhidos preliminarmente deixavam claro a excludente de ilicitude, consistente na legítima defesa, bem como a apresentação espontânea do militar após os fatos.

Não obstante a referida decisão, foi instaurado Inquérito Policial para formalizar todo conjunto probatório já colhido, e outros que já foram determinados pela Polícia Civil, a fim de que seja submetido ao Ministério Público e Poder Judiciário.

Nota do Batalhão da Polícia Militar

A Polícia Militar foi acionada para ocorrência de violência doméstica. Ao chegar no local, os policiais se depararam com o agressor, que estava visivelmente alterado e, de imediato, iniciaram os procedimentos de abordagem. O envolvido não acatou as ordens, e com um facão investiu contra os policiais. Um dos policiais tentou ainda conter o agressor utilizando arma com munição de borracha, que também se mostrou insuficiente. Como o autor continuou a investir contra os policiais, foi necessário o uso de arma de fogo para contê-lo e evitar que um dos membros da guarnição fosse atingido gravemente. Os policiais acionaram imediatamente o Corpo de Bombeiros e o Hospital de Mondaí para que os atendimentos pré-hospitalares necessários fossem tomados. Diante dos fatos, o envolvido foi conduzido ao centro médico e posteriormente veio a óbito em virtude dos ferimentos.

A Polícia Militar procederá a instauração de Inquérito Policial Militar para apurar as circunstâncias do atendimento da ocorrência.

JRRegional