Bichos
Foto: Reprodução

Um jacaré-açu foi capturado em um lago no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional (TO), no domingo (24). Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o animal, de mais de quatro metros, resistindo e lutando contra a captura após ter a cabeça laçada com uma corda.

O jacaré apareceu próximo de uma área de banho e foi capturado por funcionários de uma mineradora. Uma pá carregadeira foi usada para içar e colocar o réptil na caçamba de um caminhão. O modo como o animal se contorcia durante a ação chamou a atenção e foi alvo de polêmica nas redes sociais.

De acordo com o biólogo Aluísio Vasconcelos, especialista em répteis os movimentos feitos pelo jacaré são característicos da espécie. “Ele faz esse movimento quando segura a presa ou quando está ameaçado. Dá um giro de 360, geralmente para poder dilacerar a presa ou se livrar de alguma coisa, que é o que ele estava fazendo”, explicou ao G1.

Um representante da mineradora afirmou ao G1 que o animal estava com a boca aberta e apresentava agressividade. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados, mas quando os militares chegaram ao local o animal estava totalmente imobilizado.

Após ser colocado em uma caçamba, o animal foi solto em outro local na margem do lago. “O certo era ter ligado para o Naturatins ou para a Polícia Ambiental para ir lá fazer a captura do animal, mas eles fizeram justamente o contrário [primeiro fizeram a captura]”, disse o biólogo ao G1.

Ainda segundo o G1, o jacaré estava com lesões antigas, sem as patas dianteiras e provavelmente cego de um olho.

Receba as nossas notícias no WhatsApp:

https://chat.whatsapp.com/BC2EPoxtSbEIlzleby7yT3

Isto É