Famosos
Foto: Reprodução

O Jornal Nacional desta terça-feira (12) começou com uma falha técnica na chamada escalada, a leitura das principais manchetes. O telejornal da Globo é ao vivo, mas a abertura é gravada minutos antes, uma prática comum em jornais de TV.

A escalada começou forte, anunciado a exibição do vídeo da reunião de Jair Bolsonaro com ministros, parte do inquérito do Supremo Tribunal Federal que investiga a interferência ilegal do presidente na Polícia Federal, para proteger familiares de investigações.

Exatamente quando os apresentadores William Bonner e Renata Vasconcelos falavam das acusações contra o presidente e das provas surgidas no material em vídeo, a escalada começou a apresentar defeitos intermitentes de áudio e vídeo.

As imagens do ministro Celso de Mello e de Bolsonaro alternavam com as dos apresentadores no estúdio. O áudio é interrompido de vez, imagens distorcidas e até linhas verdes surgem na tela, levando o telespectador a pensar que se trata de um ataque de hackers. A exibição é cortada no meio.

O telejornal volta para o estúdio, ao vivo, e Renata Vasconcelos explica que ocorreu uma falha técnica, mas avisa que “o jornal está no ar”. Ela diz a hora e a data, e retoma a apresentação, chamando a primeira reportagem.

Revista Forum