Polícia
Foto: Divulgação

Após 48 horas do sequestro da médica Tamires Gemelli da Silva Mignoni, ocorrido na cidade de Erechim, a informação é que os sequestradores fizeram contato coma família e exigiram R$ 2 milhões de reais de resgate. A informação foi confirmada pelo radialista Gilson Pessoa, da cidade de Cascavel, região oeste-do Paraná, que é irmão de Berto Silva (pai da Tamires), e acompanha tudo da cidade de Foz do Iguaçu, onde dá suporte aos avós de Tamires. A revelação do pedido de resgate foi feito durante entrevista a Ado Junior, da radio Web Brasil Hits. As informações são do site Olho Aberto Paraná.

Vídeo mostra momento em que médica sai do trabalho e desaparece

Equipes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) estão na região de Erechim para auxiliar nas investigações sobre o desaparecimento da médica Tamires Gemelli da Silva Mignoni.

Tamires Gemelli da Silva Mignoni, que é médica ginecologista, e atua na UBS do bairro Aldo Arioli, desapareceu após sair do trabalho no final da manhã de sexta-feira, 16. Ela estava a bordo de uma Chevrolet Equinox, que foi localizada durante a tarde próximo a uma das saídas da cidade de Erechim.