Polícia
Foto: Reprodução

As câmeras de videomonitoramento de uma residência de Anápolis, em Goiás, flagraram um caso revoltante que chocou a comunidade local. Após encontrar o corpo de um bebê carbonizado em um lote baldio, a Polícia descobriu que a própria mãe foi responsável pelo assassinato do recém-nascido.

O vídeo mostra momento que mulher deixa recém-nascido em lote baldio. Na sequência, ela volta até o veículo, uma Ford Ecosport branca, pega uma garrafa de álcool e um isqueiro, utilizados para colocar fogo no bebê, encontrado carbonizado no lote localizado na rua do Residencial Cerejeiras, durante a manhã de quarta-feira (12).

Confira o vídeo divulgado pela Polícia Civil:

A equipe do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) localizou e prendeu a jovem de 25 anos. Em depoimento, a mulher que não teve a identidade divulgada confessou o crime. Após ser ouvida, ela foi levada ao presídio.

A mulher relatou aos policiais que escondeu a gravidez de seus familiares e até de seu namorado, e que amamentou o filho apenas no primeiro dia de vida do bebê. Depois, levou o recém-nascido até o lote baldio e ateou fogo. Ela não soube dizer se o bebê estava vivo no momento do crime.

A Polícia Civil foi acionada após populares encontrarem o corpo do recém-nascido embrulhado e próximo a uma caçamba.

O bebê ainda estava com a pulseira de identificação da maternidade, por isso foi possível descobrir que ele é do sexo masculino e que nasceu no último dia 6 de maio.

Clic Camaquã