Mundo
Foto: Reprodução

Ronald Gomes Borges, de 28 anos, suspeito de estuprar, matar e esconder o corpo de Elcleciane Nascimento Duarte, de 11 anos, foi retirado da delegacia onde se encontrava, no município de Fonte Boa, interior do Amazonas, e depois esquartejado e queimado em via pública.

Posted by Tony de Oliveira on Friday, January 17, 2020

De acordo com informações, o crime, que teve grande repercussão, na tarde de quinta-feira (16), e logo que Ronald foi preso, em uma área de mata, moradores do município se reuniram em frente da delegacia pedindo que a polícia liberasse o suspeito para que fosse feita ‘Justiça com as próprias mãos’. Negado o pedido pelos agentes de segurança, na noite desta sexta-feira (17), a população acabou invadindo a delegacia e tirando o homem, que foi esquartejado e queimado no meio da rua.

A delegacia ficou parcialmente destruída e viaturas foram apedrejadas.

Entenda o caso

Segundo a polícia, Elcleciane tinha costume de ir a casa de Ronald ajudar a fazer bolos com a esposa dele, para vender no município. No dia do crime, a criança foi estuprada pelo suspeito, e para ser contida, foi asfixiada e morreu. O corpo foi escondido debaixo da cama e encontrado pela companheira de Ronald, que avisou a família da criança.

Portal do Holanda