Bichos
Foto: Divulgação

Um cão branco com deficiência nas duas patas dianteiras foi abandonado duas vezes no mesmo dia, nesta quinta-feira (2), em São Leopoldo. A primeira teria sido por sua tutora: em um vídeo enviado à prefeitura, uma mulher aparece desembarcando o cachorro e indo embora. A segunda teria sido por seu tutor, marido da tutora, que deixou o animal na sede da Secretaria Municipal de Proteção Animal (Sempa), no bairro Vicentina.

CAO DEFICIENTE SOFRE DOIS ABANDONOS NO MESMO DIACom as denúncias, investigações da nossa equipe e diligências do nosso gabinete, a história de abandono do Timtim (cão com grave deficiência em duas patas) fica cada vez mais horripilante. Uma briga de casal causou danos graves ao pobre cão, a "esposa" joga o cão na rua no dia 02/12, em frente a empresa q o "marido" trabalha (Sinoscap Cristo Rei). Ato contínuo após este crime da esposa, o marido de igual forma, sem qualquer sentimento, pega um veículo da empresa e abandona o cão DEFICIENTE no bairro Vicentina. Dois criminosos, mesma vítima! UM CÃO DEFICIENTE SEM CHANCES DE SE DEFENDER!Vamos continuar no combate a este tipo de crime covarde.Anderson Ribeiro, um coração humano pelos animais!

Posted by Anderson Ribeiro FanPage on Friday, January 3, 2020

O cão apresenta, após o abandono, quadro depressivo. A equipe da secretaria busca adotantes para ele.

As imagens do vídeo, enviado anonimamente ao secretário da pasta, Anderson Ribeiro, teriam sido registradas em frente a uma empresa de ônibus no bairro Cristo Rei, local onde o tutor do animal trabalharia.

O registro, feito por uma câmera de videomonitoramento, mostra uma mulher parando com um carro e abrindo a porta do veículo, de onde desembarcam dois cachorros. Ela coloca um dos animais de volta no automóvel e deixa o branco de fora, que tenta segui-la. A mulher, então, o empurra para longe, fecha a porta e arranca o carro. O cãozinho fica desorientado, tentando farejar o rastro da dona, e aparece caminhando pelos arredores.

Segundo Ribeiro, depois de ser abandonado em frente à empresa, o animal foi levado até a sede da Sempa. Quando o homem chegou, alegando que havia encontrado o cachorro na rua, quem foi acionado para atendê-lo foi o próprio secretário.

— Quando aparece um caso estranho, o pessoal me liga, e não é comum um cachorro sem as duas patas da frente ser achado na rua — explica.

Inicialmente, o gestor acreditou que conhecia o cachorro, que já teria sido cuidado pela secretaria e depois adotado e nomeado como Berlim. Imaginando que poderia ter fugido de casa, Ribeiro telefonou para a adotante. Diante da negativa de que se tratasse do mesmo cão, o secretário resolveu publicar em suas contas de Instagram e Facebook um vídeo com a imagem do animal, a fim de descobrir de quem poderia ser.

Na postagem, uma pessoa de Balneário Camboriú indicou que o cachorro se chamava  Tintim e que pertencia a um funcionário da empresa de ônibus localizada no bairro Cristo Rei. Sem conseguir contato com o homem, o secretário acabou encontrando o endereço de sua esposa. No local, a mulher alegou que o seu marido abandonou o animal após uma briga do casal. Na empresa, colegas do tutor do cão contaram que, na verdade, o caso envolvia dois abandonos.

A situação teria sido difícil de provar, se não fosse pelo envio anônimo, nesta sexta-feira (3), do vídeo de uma câmera de segurança, que comprova o abandono por parte da mulher. Com a prova, Ribeiro registrou boletim de ocorrência na Delegacia Online da Polícia Civil e pretende apresentar denúncia na semana que vem ao Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP/RS), além de propor que a Secretaria do Meio Ambiente de São Leopoldo aplique sanção por maus tratos do animal.

Junto ao vídeo, será entregue um laudo feito por um médico veterinário na sede da Sempa, que indica que  Tintim estava bem nutrido e hidratado, mas apresentava escoriações no queixo e na pata traseira e um quadro depressivo.

— É muito comum que animais abandonados desenvolvam um quadro depressivo. Às vezes chegam a parar de comer e tomar água — comenta o secretário.

atualizacao#Justica #SomosTimtimjá foi identificado o dono do cão, nome Timtim, que é muito parecido com outro cao Berlim. O veiculo da empresa Sinoscap, gol branco, também foi utilizado pelo autor do crime para abandonar o cao. No inicio se pensou que Berlim havia fugido, mas logo em seguida vimos que se TRATAVA DE ABANDONO DE UM SER VIVO SEM DUAS PATAS DA FRENTE. Agora vamos cobrar justica para o Timtim.PROVAVELMENTE TEM DONO, cão muito parecido com @berlimcaoguru , apareceu hoje na rua, bem cuidado, resgatado na Sempa. Vamos ajudar a voltar pro seu dono?

Posted by Anderson Ribeiro FanPage on Thursday, January 2, 2020

Para evitar que o quadro se agrave, Ribeiro está buscando adotantes para Tintim. Por enquanto, o cão está abrigado no gabinete do secretário. Dez pessoas já se apresentaram como interessadas e serão entrevistadas na segunda-feira (6). Quando um adotante for confirmado, a Sempa fará um monitoramento de 90 dias sobre a situação do cachorro, sem revelar sua nova residência, para evitar que o antigo tutor o encontre. Durante esse período, a secretaria também encaminhará ao MP/RS um pedido de destituição da propriedade do animal por parte do seu dono.

O casal compareceu nesta sexta à sede da secretaria e negou ter abandonado o cãozinho, alegando que ele fugiu de casa. O pedido da dupla de que a tutela do cachorro fosse reavida foi negada pelo secretário.

A Lei Federal de Crimes Ambientais prevê detenção de três meses a um ano e multa para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais.

GZH