Inusitado
Foto: Divulgação

A pandemia agravou ainda mais as ocorrências de tentativas de estelionato pelas redes sociais, que tiveram aumento significativo e se apropriaram de novas tecnologias, como o Pix, para aplicar golpes. Mas em uma dessas tentativas, um golpista acabou tendo um resultado amargo.

Uma gaúcha teve seu WhatsApp clonado por golpistas, que entraram em contato com pessoas da lista de contato pedindo a transferência de valores através do PIX, sistema de pagamento instantâneo do Banco Central.

A internauta Jéssica Bernardo foi abordada por um golpista através da conta de WhatsApp da sua amiga. O golpista pediu o depósito de R$980 e acabou saindo no prejuízo.

Jéssica disse que depositaria o valor, mas precisaria de crédito no seu celular para efetuar a transação. No fim, ela saiu com mais R$ 20 de crédito e o criminoso com nada.

Confira a conversa:

Clic Camaquã/Cenário